container cultural 2021 site banner 1654 x 857 px.png

Container desembarca em Telêmaco Borba com diversas ações gratuitas como apresentação de espetáculos, oficinas e doações de livros.

Após circular, em sua 1a edição (2017) e 2ª edição (2019), por 16 cidades do interior do Paraná e de realizar uma Mostra on-line com grande êxito de público, o Projeto Container Cultural desembarca em Telêmaco Borba, no dia 3 de dezembro, às 19h no CCAJ - Centro de Convivência do Adolescente e da Juventude, com diversas ações gratuitas que incluem apresentação de espetáculo, oficina, campanha de arrecadação de livros, multiplicadores culturais e apresentação de artistas locais.

Teatro, livros, formação e sensibilização estarão disponíveis aos moradores de Telêmaco Borba, Paraná. Todas as atividades serão gratuitas e estarão concentradas num container criado especialmente para o projeto. Como parte de suas atividades, haverá apresentação do espetáculo "Entre Tangos e Fandangos", escrito por Joanita Ramos e dirigido por Mauro Zanatta. Antes da peça, haverá apresentação de artistas locais convidados.  

A transformação de um container descartado numa espécie de espaço cultural itinerante foi ideia da arquiteta Paola Burkot para atender ao propósito do projeto que é fazer a arte chegar a pequenos municípios onde geralmente há pouca oferta de infraestrutura e programação cultural. A intenção não é apenas levar o espetáculo, mas também um novo conceito, ou seja, a possibilidade de uso do container como espaço cultural alternativo, inclusive para atender áreas rurais. Para Joanita Ramos e Paola Burkot, as idealizadoras do projeto, "o direito das populações das cidades pequenas à fruição e vivência da arte" é a grande causa do Container Cultural. 

A 2ª edição do projeto tem patrocínio de Ademicon, CCR RodoNorte e Instituto CCR e realização de: Container Cultural, Rumo de Cultura, Secretaria Especial da Cultura, Ministério da Cidadania e Governo Federal.

_MG_4006.JPG

o espetáculo

Os atores Richard Rebelo e Flora Vieira Chagas, e os músicos Beto Collaço e Luís Fernando Diogo vão apresentar um espetáculo concebido em linguagem adequada para teatro de rua, referenciada na Comédia Dell’Arte. A peça, que terá tradução em libras, trata da identidade cultural e também de uma imensa “fome” – inclusive de arte, cuidado e amor – a partir da conflituosa relação entre um brasileiro que não se reconhece como sul-americano e uma estrangeira com sotaque espanhol, que não sabe onde nasceu. Após perderem o navio para a Argentina, os dois decidem percorrer a pé o caminho até o país vizinho, enquanto procuram criar um número artístico que possa lhes garantir a sobrevivência.

 

O espetáculo, permeado por dança e música ao vivo, não inova apenas no container que vira palco. Nele o iluminador Beto Bruel realiza sua primeira criação com led. Segundo ele, essa alternativa tem tudo a ver com a proposta de sustentabilidade do Container. A peça é apenas uma das ações que fazem parte do Projeto Container Cultural.

M170721b_76_edited.jpg

Outras ações

Com os objetivos sintetizados no slogan “Arte em Todo Lugar” a equipe, com coordenação de Produção de Diego Marchioro, vai atuar em diversas iniciativas pautadas na ideia de que as populações pouco numerosas dos municípios paranaenses também merecem e podem ter acesso a atividades artísticas. Além do espetáculo "Entre Tangos e Fandangos" o Container Cultural fez uma campanha de arrecadação de livros que serão compartilhados com o público do Projeto e biblioteca municipal da cidade.
Os gestores do Projeto também estão em contato com lideranças e empresários do eixo Mercosul, além de articular com empresas e municípios próximos da cidade contemplada pelo projeto para trazer públicos vizinhos. A ideia central é chamar a atenção para a necessidade de suprir as cidades com menor densidade populacional com uma programação cultural de qualidade. O projeto procura estimular iniciativas locais na área das artes e um melhor aproveitamento de recursos públicos nessa área, com a orientação a pessoas do município que desejam se tornar multiplicadores de cultura. Um grupo de estudantes bolsistas terão a chance de participar da montagem do evento em cada cidade, sendo orientados pelos profissionais do Projeto.
_MG_3597.jpg

Também no dia 3 de dezembro, das 14h às 18h, no Centro de Convivência da Juventude, acontece de modo gratuito a oficina Contar Histórias – A Arte do Encontro, com Richard Rebelo. Na oficina de contação de histórias será abordado aspectos que dizem respeito à atuação do contador de histórias. Contar histórias para promover uma experiência e atuar como agente sensibilizador do público para assim transmitir um valor. As inscrições são realizadas pelo https://linktr.ee/rumodecultura

M160721b_8.jpg
_MG_4139.JPG

SERVIÇO:

 

Container Cultural 2ª edição

Apresentação de artistas locais, seguida do espetáculo Entre Tangos e Fandangos (com interpretação em libras) e doação de livros

 

Telêmaco Borba PR

Dia 3 de dezembro de 2021, às 19h

Local: CCAJ - Centro de Convivência do Adolescente e da Juventude

Rua Marechal Floriano Peixoto, S/N ao lado da UPA.

Entrada franca.

 

Oficina de Contação de Histórias, Com Richard Rebelo

Dia 3 de dezembro de 2021, das 14h às 18h

Local: CCAJ - Centro de Convivência do Adolescente e da Juventude

Entrada franca, mediante inscrição prévia: https://linktr.ee/rumodecultura

 

AGENDAMENTO DE ENTREVISTA E MAIS INFORMAÇÕES

Fernando de Proença

41 9 99965292

fernandodproenca@gmail.com

quadro de logos.png